Páginas

TURFE

TURFE

TURFE

TURFE

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

JOCKEY CLUB PONTAGROSSENSE EM DIFICULDADES


O presidente Roberto Cunha Nascimento recepcionou em sua propriedade rural localizada no Parque Nossa Senhora das Graças um grupo de diretores para em conjunto encontrarem uma solução para o turfe local. Cerca de quinze associados e diretores compareceram o que entristeceu o presidente da entidade que disse terem sido convidados a comparecer mais de trinta pessoas. Roberto enfatizou aos presentes que o Jockey Club Ponta-grossense encontra-se inativo para as corridas em função da falta de animais e fez um apelo a todos os presentes e que gostam do turfe local para que adquiram animais nos grandes centros e tragam para ficar alojados em Uvaranas. Roberto falou ainda que a defasagem existente hoje em termos de animais que possibilite a diretoria a realizar uma corrida mensal é de 25 animais. Hoje em condições de correr existem em Uvaranas apenas 15 cavalos . Desta maneira impossível dar corrida, disse o presidente.
Segundo Roberto o Jockey Club hoje é uma entidade organizada, sem problemas financeiros e que falta apenas funcionar para as corridas. Sem cavalos não se faz turfe e insistiu uma vez mais aos presentes que voltem a serem proprietários de animais em Uvaranas para que as sabatinas possam voltar. Roberto disse ainda que corridas para dar prejuízo sacrificando diretores, não serão mais realizadas.
Presente na reunião, o treinador Antonio Carlos de Oliveira foi inquirido pelo presidente para que a classe que realmente vive do turfe possa se mobilizar em busca de proprietários e animais de outros centros.
Será lançada agora para o mês de agosto uma chamada para realização das corridas preparatórias para o GRANDE PREMIO CIDADE DE PONTA GROSSA, a ser realizado no próximo dia 15 de setembro, e pediu que já nesta corrida possam haver novos animais e novos proprietários locais no programa oficial.
fonte: sitedodiomar

Nenhum comentário:

Postar um comentário