sábado, 31 de dezembro de 2011

QUARI BRAVO O MELHOR QUE JÁ VI CORRER

Foto JCSP
Não foi eleito o melhor em promoção do JCSP, mas para mim foi o melhor que já vi correr. Suas fortes atropeladas eram sinônimo de emoção. Em plena forma era imbatível. Só perdeu carreiras quando não estava bem. Porque era de pelagem tordilha? Herdou do pai PUNK, do avô paterno RINGARO e do bisavô paterno CARO. Na foto acima com o nº 8 na manta, no oitavo páreo de 09/11/97 conquistou a tríplice corôa paulistana.

PÁREO EM UVARANAS EM 2009

IMPERÍCIA OU SACANAGEM?

DATA: 26/12/2011
HIPÓDROMO: GÁVEA
JÓQUEI: E.FERREIRA FILHO
DISTÂNCIA: 2200 areia
ANIMAL: Nº 2 - DESEJADO TIDE - 5º PÁREO
O distinto E.Ferreira Fº que pouco monta e nesta data foi agraciado com algumas montarias com grandes chances, pela ausência das principais figuras e líderes das estatísticas do Rio de Janeiro, fez uma baita sacanagem com os apostadores que acreditaram nele e em sua montaria. Largou e se mandou na dianteira abrindo vários e vários corpos de seus oponentes aproveitando a peso. A questão é, precisava tomar essa estratégia? Acho que não, o seu negócio era "ensacar" mesmo a corrida, não demonstrando com essa atitude nenhum interessa em levar o animal ao disco em primeiro lugar. E olha que o Desejado Tide foi bem apostado e tinha grande chance pois vinha em evolução e suas últimas carreiras o credenciavam tranquilamente a ganhar esse páreo. Quero acreditar que não estou sendo injusto com o jóquei pois basta analisar as duas últimas corridas do animal: 
Em 03/10 - distância de 1900 colocação: segundo
Em 31/10 - distância de 1900 colocação: primeiro
Em ambas as corridas, com outros jóqueis, foi dirigido com inteligência, vindo de trás e se colocando muito bem. Porque então sair espalhafatosamente tirando de mais para mais e faltando gás nos duzentos finais? Só deduzo que é para não ganhar a corrida. E olha que o E.Ferreira Fº até que sabe pilotar bem (quando quer) pois nesse mesmo dia (26) venceu dois páreos:
4º páreo com Lady Beauty
6º páreo com Net book
Ambos vindos de trás.
E aí, como ficamos? Dá para acreditar nesse pessoal?
O jóquei em questão poderia alegar "enes" questões pela sua direção desastrosa em Desejado Tide ( peso pluma, quis aproveitar; ordem do treinador; ordem do proprietário; o animal não pode ser contido, o animal teve hemorragia ou outro problema físico e outras) mas nenhuma irá convencer o apostador que nele confiou.



TURFE DE PONTA GROSSA VOLTANDO


Segundo informações veiculadas na mídia pontagrossense brevemente, esperamos, teremos carreiras novamente em nosso tradicional hipódromo. Os órgãos competentes já fiscalizaram e liberaram nosso prado. Agora só alguns detalhes e o principal, animais para se formarem as carreiras. A nova diretoria não está medindo esforços para que isso se concretize. Aguardaremos com muita expectativa. Enquanto isso vamos nos divertir com algumas opiniões sobre as corridas em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Pretendemos elogiar mas também criticar as barbaridades que vemos nos páreos a páreos e que poucos comentam. Joqueadas desastrosas que furam nossas acumuladas, comentários inadequados dos catedráticos e locutores, belíssimas carreiras com disputas acirradas, jóqueis de primeira grandeza e de cara uma pergunta que está na boca do turfista e a imprensa não comenta: por que, principalmente na Gávea os maiores azares só aparecem nos últimos páreos? Até parece que está tudo combinado.
Foto de 13/12/2008 - Almeida