Páginas

TURFE

TURFE

TURFE

TURFE

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

PEDIGREES

No dia 21 de novembro de 2012, sob os auspícios da revista Courses & Elevage e o site da agência Arqana, realizou-se, na França, a segunda edição do “Simposium DNA Pedigrees”, que contou com a presença de grande número de representantes de criadores e proprietários do continente europeu.
Como se sabe, o estudo da genética do cavalo de corridas tem evoluído de forma extremamente rápida neste início do século XXI, graças à descoberta da seqüência da molécula do DNA que contém as chamadas “instruções genéticas” do desenvolvimento e funcionamento de todos os organismos vivos, inclusive de vários vírus.
Algumas conclusões
1) Na leitura do pedigree de qualquer cavalo, nada supera a importância de seus dois primeiros ascendentes. Os ancestrais que figuram no referido pedigree, estão lá apenas para indicar que traços dominantes do pai e da mãe são suscetíveis de serem transmitidos ao produto.
2) No que respeita às grandes linhas masculinas de nossos dias, os estudos do Simpósio se basearam sobre o resultado de 2.456 provas clássicas em todo o mundo, a partir de 2001. De saída, cumpre mencionar 96,7% dos ganhadores de Grupo I nesse período descendem diretamente de um único e só cavalo, o legendário alazão ECLIPSE
Fonte: JCB    

Nenhum comentário:

Postar um comentário