Páginas

TURFE

TURFE

TURFE

TURFE

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

FALANDO SOBRE O TURFE NACIONAL



"Trocando em miúdos, não somos preparados para absolutamente nada. E em nosso turfe muito menos. Somos clubes, o que ainda complica mais a situação e existe bairrismo, o que a torna, mais critica. E, além disto, existem muita vaidade e rixa pessoais. Onde o fator social, parece ser mais importante que o esportivo, não existe muita chance de sucesso. Logo, como fazer, se o rio é longo, a correnteza é forte e cada um quer remar em diferentes direções?"
Transcrito de texto de Renato Gameiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário